Warning: session_start(): open(/var/lib/php71/session/sess_ac8bf78d10a656be5a4b301cd310cef0, O_RDWR) failed: Permission denied (13) in /home/storage/d/73/6a/sifaeg1/public_html/wp-content/themes/yoo_revista_wp/warp/systems/wordpress/helpers/config.php on line 48

Warning: session_start(): Failed to read session data: files (path: /var/lib/php71/session) in /home/storage/d/73/6a/sifaeg1/public_html/wp-content/themes/yoo_revista_wp/warp/systems/wordpress/helpers/config.php on line 48
Cana-de-açúcar | Sifaeg

Cana-de-açúcar

Written by Depto. Tecnologia on . Posted in Notícias, xTimeLine

Novas variedades serão liberadas em breve

Cana-unica ..As quatro novas variedades RB de cana-de-açúcar, desenvolvidas pelo Programa de Melhoramento Genético da Cana-de-açúcar da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar),  anunciadas no fim de 2014,  deverão, em breve, ser liberadas para o plantio, por terem se destacado durante o processo de seleção e experimentação.  As cultivares são resistentes às principais doenças que afetam os canaviais. A UFSCar é  integrante da Rede Interuniversitária para o Desenvolvimento do Setor Sucroenergético (Ridesa).

Uma das pré-liberações, a RB975201,  foi a décima  mais plantada no estado de Mato Grosso do Sul em 2014. A variedade é opção para o final de safra, com excelente resposta nos melhores ambientes de produção e ausência de florescimento.

Os materiais já estão em fase acelerada de multiplicação nas unidades conveniadas.  As outras pré-liberações da Ridesa/UFSCar são a RB975952, indicada para o início de safra nos melhores ambientes de produção; RB985476,  que possui altíssima produtividade e deve ser colhida no meio de safra e a RB975242, opção para o final de safra que tem como principal característica o não florescimento,  devendo ser alocada em ambientes médios a restritivos.

“É importante que os produtores experimentem novos materiais para que possam aumentar suas opções para o plantio. Nesse sentido, essas quatro pré-liberações mostraram grande potencial durante as fases de experimentação, muitas vezes superando os resultados dos padrões (variedades comerciais)”, diz o pesquisador Roberto Chapola, da Ridesa/UFSCar.

   

Depto. Tecnologia

teste