Produtividade

Qual será o impacto do clima para a safra de cana no Centro-Sul?

Dezembro foi marcado por chuvas abaixo da média nas principais regiões canavieiras do Centro-Sul. De acordo com o Índice Relativo de Chuva (IRC), calculado pela DATAGRO Consultoria, o índice de precipitações na região foi de 119,3 mm, 46,6% abaixo da média histórica.

O cenário de clima seco começa a preocupar os produtores. No último mês, agrônomos da DATAGRO identificaram em alguns canaviais de São Paulo problemas em solos arenosos, onde folhas das plantas começaram a enrolar. No estado, as chuvas estiveram 53,2% abaixo do normal em dezembro, quando o índice de chuvas chegou a 102,4 mm.

Para os próximos meses, as previsões climáticas indicam um cenário de chuvas esporádicas e menos distribuídas. Mesmo sob os efeitos do El Niño, que tem 90% de chances de acontecer neste ano, as precipitações podem ficar abaixo do esperado no Centro-Sul.

Mesmo com prognóstico de clima seco, ainda é cedo para dizer qual efeito esse cenário terá sobre o volume de cana que será processada. Para 2018/19, a DATAGRO estima que a moagem de cana na região alcance 564,5 milhões de toneladas.

Uagro