Tecnologia

Primeira fábrica de etanol celulósico em escala comercial é inaugurada nos EUA

POET-DSM Advanced Biofuels, a joint venNova imagemture entre a Royal DSM e a Poet, anuncia tecnologia que converte resíduos agrícolas e m combustível renovável na inauguração de sua primeira fábrica de produção comercial de etanol celulósico em Iowa. Denominada “Project LIBERTY”, a fábrica converte espigas, folhas, cascas e talos de milho em combustível renovável. A produção já começou oficialmente, processando seu primeiro lote de biomassa em etanol celulósico. Em plena capacidade, ela irá converter 770 toneladas de biomassa por dia para a produção de etanol a uma taxa de 20 milhões de galões por ano, posteriormente aumentando para 25 milhões de galões por ano.

Essa primeira unidade de etanol celulósico em escala comercial é um passo à frente na adoção de biocombustíveis. Também é uma vitória para o Renewable Fuel Standard (RFS), que promoveu o aumento de investimentos em biocombustíveis avançados, acelerando o desenvolvimento dessa nova tecnologia. O RFS é uma ferramenta fundamental  para levar os EUA além de 10% de uso de etanol e permitir que essa nova tecnologia se expanda para outras partes do país.

Em outras partes do mundo, espera-se que o desenvolvimento de etanol celulósico seja impulsionado à medida que o processo e a tecnologia da Liberty-DSM efetivamente convertam os resíduos agrícolas utilizando um cocktail de enzimas e leveduras se tornem disponível por meio de licenciamento. Assumindo o apoio contínuo do programa RFS e dependendo da taxa de adoção do etanol celulósico, tanto dentro como fora dos Estados Unidos, a POET-DSM Advanced Biofuels LLC tem o potencial de atingir uma receita líquida de US$ 250 milhões com o bio-etanol e uma renda de licenças até 2020 com margem EBITDA claramente acima da média.