Tecnoshow Comigo 2014

 Espaço para difusão de novas tecnologias rurais

Foto para texto 2 A Tecnoshow Comigo chega à sua 13ª edição, em 2014, consolidada como uma das principais feiras de tecnologia rural do Brasil, sendo a maior do Centro-Oeste. A perspectiva para este ano é superar o volume de negociações do ano passado – quando a feira registrou R$ 900 milhões – e recebeu mais de 90 mil visitantes, no período de 7 a 11 de abril, no Centro Tecnológico Comigo (CTC), em Rio Verde (GO). Com investimentos de R$ 550 mil em melhorias na estrutura do CTC, a feira terá número recorde também de expositores, com mais de 500 empresas de diferentes áreas marcando presença em uma área de 60 hectares.

Em cinco dias, a Tecnoshow Comigo apresentará aos visitantes de diversas regiões do Brasil o que há de mais moderno em tecnologia rural e inovação para a agropecuária, além de uma extensa programação de palestras, circuitos e dinâmicas para ampliar o conhecimento técnico de produtores rurais, profissionais da área, estudantes, entre outros. “A Tecnoshow Comigo é uma referência na geração e difusão de tecnologias rurais. O público que visita a feira sabe da magnitude do evento e comparece porque entende que encontrará o que existe de mais moderno para sua atividade. O cenário é de otimismo para 2014”, destaca o presidente da Comigo, Antonio Chavaglia. A estimativa da Comigo é receber, nos cinco dias de evento, visitantes de regiões produtoras do Brasil como Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, Minas Gerais, Tocantins, Pará, Maranhão e São Paulo, assim como delegações de países da União Europeia, Ásia e África.

 Programação

Estão previstas mais de 100 palestras e dinâmicas (de máquinas e pecuária) em espaços como auditórios, Casa da Embrapa e áreas de demonstrações. Os temas e apresentações vão ser desenvolvidos por renomados especialistas e profissionais do agronegócio brasileiro. No CTC, o público poderá conhecer e adquirir produtos e serviços direcionados ao agronegócio de expositores de artesanatos, empresa de alimentação, instituições financeiras, empresas de aeronaves, empresas de máquinas, equipamentos e veículos (colheitadeiras, tratores, pulverizadores, plantadeiras, caminhões etc), além de obter informações sobre trabalhos de instituições de pesquisa e ensino, entidades e órgãos públicos, e acompanhar experimentos em uma área de 40 mil metros quadrados de plots agrícolas, com inovações no manejo de pragas e doenças, lançamento de cultivares, entre outros.

Segundo o engenheiro agrônomo e gerente de geração e difusão de tecnologia do CTC, Carlos César Evangelista de Menezes, a COMIGO está conduzindo vários trabalhos, que serão apresentados na feira e direcionados para atender demandas dos produtores e técnicos. “Neste ano, por exemplo, a demanda do momento é o manejo e controle da Helicoverpa armigera. Estamos estabelecendo estratégias de controle junto com o pessoal da Embrapa para posicionar qual é o melhor manejo da praga. É uma pesquisa que poderá ser demonstrada no plot agrícola da COMIGO na TECNOSHOW.”

A feira terá pavilhões (animais e empresas), dinâmicas de pecuária (manejos e nutrição), doma racional de equinos, apresentação de rédeas e de cães pastores, Circuito Ambiental, Dia do Meio Ambiente, distribuição de mudas nativas do Cerrado, entrega do 7º Prêmio de Gestão Ambiental Rural COMIGO, exposição de animais de excelente genética – bovinos de corte e leite, equinos, muares e ovinos -, espaços para descanso, restaurantes (8 mil refeições por dia), estacionamentos para 3.500 veículos.

 Infraestrutura

Com área de 60 hectares, o Centro Tecnológico COMIGO recebeu melhorias para deixar a estrutura mais confortável, prática e moderna aos expositores e visitantes. Entre as novidades estão a construção e readequação de banheiros, pavimentação de cerca de 2 mil quadrados de ruas, aquisição de novos transformadores para a rede elétrica e ampliação da capacidade de internet, com oito torres distribuídas na feira para garantir melhor sinal e acessibilidade.

 Canal-Jornal da Bioenergia

Deixe um comentário