5º Prêmio TOP Etanol bate novo recorde de inscrições

logoO Prêmio TOP Etanol, iniciativa do Projeto AGORA que destaca as melhores matérias jornalísticas, fotografias, inovações tecnológicas e trabalhos acadêmicos ligados ao tema “Agroenergia e Meio Ambiente,” estabeleceu, pelo quinto ano consecutivo, um novo recorde de inscrições em suas diversas categorias. Com as inscrições ainda em andamento, já foram inscritos 402 trabalhos, acima do total de 375 inscrições atingido em 2013.

 Inicialmente fixado em 21 de fevereiro, o prazo final para inscrições este ano foi prorrogado até 14 de março, atendendo a pedidos de tempo adicional para finalização de trabalhos a serem submetidos à premiação. Isto significa que o número final de inscrições para este ano, que já é recorde, será ainda maior que as 402 já recebidas.

 “Em seu quinto ano, o TOP Etanol já é uma premiação conhecida e respeitada, pela elevada qualidade dos trabalhos distinguidos a cada ano, sempre avaliados por jurados de grande conhecimento em suas áreas de atuação,” destaca Adhemar Altieri, diretor de Comunicação Corporativa da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), uma das 18 entidades e empresas parceiras do Projeto AGORA, que realiza o TOP Etanol.

 A diversidade e representatividade dos parceiros do Projeto AGORA, todos renomados integrantes da cadeia produtiva da cana-de-açúcar, também contribui de forma decisiva para o crescimento da premiação. “Uma premiação que tem em sua organização um leque de entidades e empresas tão representativas do setor sucroenergético nacional transmite credibilidade, o que atrai trabalhos em número e qualidade cada vez maiores,” frisa Altieri.

 O total de trabalhos inscritos no Prêmio TOP Etanol vem crescendo a cada ano. Em 2010, primeiro ano da premiação, foram inscritos 220 trabalhos, número que chegou a 258 em 2011, 348 em 2012 e 375 em 2013. O total para este ano será divulgado após o encerramento das inscrições em 14 de março.

 SOBRE O PROJETO AGORA

 O Projeto AGORA é a maior iniciativa de comunicação institucional integrada já implantada no Brasil, unindo empresas e entidades que fazem parte da cadeia produtiva da cana-de-açúcar. O Projeto já conta com apoio das empresas Basf, Bayer, Dedini, FMC, Monsanto e Syngenta, além das entidades ALCOPAR (Associação dos Produtores de Bioenergia no Estado do Paraná); BIOSUL (Associação dos Produtores de Bioenergia do Mato Grosso do Sul); SIAMIG (Sindicato da Indústria de Fabricação do Etanol no Estado de Minas Gerais); SIFAEG (Sindicato da Indústria dos Fabricantes de Etanol do Estado de Goiás); SINDALCOOL/MT (Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras de Mato Grosso); SINDALCOOL/PB (Sindicato da Indústria de Fabricação de Álcool do Estado da Paraíba); SINDAÇÚCAR/PE (Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Pernambuco); SINDAÇÚCAR/AL (Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Alagoas); SINDICANÁCOOL (Sindicato de Produtores de Cana, Açúcar e Álcool do Maranhão e do Para); ORPLANA (Organização dos Plantadores de Cana da Região Centro-Sul) e a UNICA (União da Indústria de Cana-de-Açúcar).

 Imprensa Projeto AGORA

Deixe um comentário