Warning: session_start(): open(/var/lib/php71/session/sess_a25c876746cdc8cc6550029e4da5697b, O_RDWR) failed: Permission denied (13) in /home/storage/d/73/6a/sifaeg1/public_html/wp-content/themes/yoo_revista_wp/warp/systems/wordpress/helpers/config.php on line 48

Warning: session_start(): Failed to read session data: files (path: /var/lib/php71/session) in /home/storage/d/73/6a/sifaeg1/public_html/wp-content/themes/yoo_revista_wp/warp/systems/wordpress/helpers/config.php on line 48
Atualização quinzenal – Safra 2016/2017 1ª quinzena de junho | Sifaeg

Atualização quinzenal – Safra 2016/2017 1ª quinzena de junho

Written by Depto. Tecnologia on . Posted in Informe SIFAEG, xTimeLine

 
  •   A moagem pelas unidades produtoras da região Centro-Sul alcançou 25,83 milhões de toneladas de cana-de-açúcar nos primeiros 15 dias de junho. Esse resultado representa uma expressiva queda de 34,88% em relação às 39,66 milhões de toneladas registradas no mesmo período de 2015 e uma redução de 20,18% sobre o valor apurado na última quinzena de maio de 2016 (32,35 milhões de toneladas).
  •   A variação na moagem entre as regiões canavieiras foi bastante heterogênea na primeira metade de junho em relação aos últimos 15 dias de maio. São Paulo foi o estado com maior recuo (34,13%), sendo as principais quedas observadas nas macrorregiões de Araçatuba, São José do Rio Preto e Ribeirão Preto. Minas Gerais e Goiás também enfrentaram semelhante retração na quantidade moída, mas proporcionalmente menor àquela verificada no em São Paulo. Em sentido contrário, Paraná e Mato Grosso do Sul expandiram o volume processado de cana no período.
  • A expectativa é de recuperação da moagem na última metade de junho.
  • A quantidade de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) totalizou 119,53 kg por tonelada de cana-de-açúcar processada na primeira quinzena de junho, contra 124,07 kg por tonelada apurados para o mesmo período de 2015. Essa redução na qualidade da matéria-prima deve-se às intensas chuvas, muito acima da média histórica, e à consequente paralisação das operações no início do mês.
  •   Até 15 de junho, 269 unidades estavam em operação no Centro-Sul, idêntico ao número observado até a mesma data do ano passado. Iniciaram a safra durante a primeira metade do junho, 7 empresas. A previsão para a quinzena seguinte é de que 5 usinas iniciem suas atividades.
  •  Nos primeiros 15 dias de junho, 40,76% da cana-de-açúcar processada direcionou-se à produção de açúcar, ante 42,17% registrados em igual quinzena de 2015 e 41,77% verificados na segunda metade de maio. No acumulado da safra 2016/2017, esta proporção totalizou 42,27%.
  •  Acompanhando a drástica redução na moagem, o volume produzido de etanol atingiu 1,07 bilhão de litros (637,32 milhões de litros de etanol hidratado e 436,90 milhões de litros de etanol anidro) na primeira quinzena de junho, recuo de 35,73% sobre o resultado de 2015 (1,67 bilhão de litros). A queda na produção de açúcar foi ainda maior: somente 1,2 milhão de toneladas fabricadas, quase 40% inferior às 1,98 milhão de toneladas produzidas na mesma data da safra 2015/2016.
  • No acumulado de 1º de abril até 15 de junho, o volume processado de cana-de-açúcar alcançou 166,71 milhões de toneladas, com a produção de 8,18 milhões de toneladas de açúcar, 2,59 bilhões de litros de etanol anidro e 4,32 bilhões de litros de etanol hidratado.
  •   As vendas de etanol pelas unidades produtoras da região Centro-Sul somaram 1,71 bilhão de litros na primeira metade de junho, sendo 118,76 milhões de litros destinados à exportação e 1,05 bilhão de litros ao mercado doméstico. Nesse mercado, o volume comercializado de etanol anidro totalizou 375,35 milhões de litros, enquanto as vendas do hidratado atingiram 676,94 milhões de litros.
 
  •   Esse cenário de vendas do hidratado e a mencionada queda na sua produção, acabaram por reduzir o estoque apurado em 15 de junho quando comparado ao nível observado no começo do mês.
Unica  

Depto. Tecnologia

teste