Bioeletricidade – Novo leilão

Hewlett-PackardA Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) vai realizar o Leilão A-3 2014. A data será 06 de junho. Os critérios a serem adotados serão os mesmos de outros leilões onde foi permitida a participação, ao mesmo tempo, de empreendimentos de geração a partir de energia hídrica, eólica, biomassa e gás natural.

 O último Leilão A-3, realizado em novembro do ano passado, tanto a bioeletricidade quanto a fonte gás natural não conseguiram comercializar energia. Somente a fonte eólica foi bem sucedida, com a comercialização de 380 MW médios de 39 parques eólicos. A bioeletricidade havia cadastrado 15 projetos e a fonte gás natural outros dois, mas a competição direta com as eólicas, sem levar em consideração as particularidades de cada fonte, levou ao resultado de contratação de apenas uma fonte, no caso a própria eólica.

 Para o gerente em bioeletricidade da UNICA, Zilmar de Souza, o formato de contratação no Leilão A-3, que mistura fontes de geração não comparáveis, precisa ser revisto. “A bioeletricidade tem peculiaridades que, no mínimo, exigem a presença de um produto térmico no leilão, como ocorreu nos Leilões A-5 em 2013 quando a bioeletricidade concorreu com o carvão mineral e o gás natural. É fundamental que haja uma política dedicada à bioeletricidade, com leilões por fonte ou regionais. A presença do produto térmico já foi um avanço, mas é preciso manter esse rumo de aprimoramento”, disse ele.

Deixe um comentário