Câmara aprova regime de urgência para RenovaBio

A Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira, dia 22, a tramitação em regime de urgência para acelerar o trâmite de aprovação do Projeto de Lei nº 9086/2017 que cria o programa RenovaBio.  O deputado federal Evandro Gussi (PV-SP) foi o autor do pedido que teve  299 votos favoráveis, nove contrários e uma abstenção. Com isso, o PL passa a ser prioridade entre as pauta a serem analisadas em plenário.

O RenovaBio é considerado fundamental para que haja a retomada de investimentos na indústria de biocombustíveis e também criará condições para que o Brasil possa cumprir as metas de “descarbonização” assumidas no Acordo de Paris.

Além de proporcionar a melhoria da poluição atmosférica nas grandes cidades, evitando a emissão de aproximadamente 571 milhões de toneladas de CO2, volume equivalente a três vezes o total emitido pelo desmatamento de florestas no País de 2014 a 2030, os investimentos somente na cadeia produtiva do etanol, que atualmente emprega cerca de 1 milhão de pessoas, poderão gerar mais 750 mil empregos.

    Sifaeg