Etanol na gasolina sobe para 27% dia 16

Em meio à expectativa do setor sucroalcooleiro, que aguardava um pacote de socorro para superar uma das piores crises da história das usinas, o governo confirmou ontem o aumento da mistura de etanol anidro na gasolina, dos atuais 25% para 27%. A alteração na mistura, que veio com um mês de atraso, vale a partir do dia 16 de março.

 Mesmo assim, após o anúncio do governo, o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, recomendou que veículos movidos apenas a gasolina usem somente combustível premium, que não terá o índice de mistura elevado. Moan alertou que estudos de durabilidade desses motores com a nova composição da gasolina não estão concluídos. “Por isso, a premium não será alterada. É uma alternativa para motoristas com esses veículos. Para os que têm carros flex, não há restrição.”

 Decisão

 A decisão de aumentar a mistura de etanol anidro na gasolina foi tomada na tarde de terça-feira no Palácio do Planalto, em reunião com os ministros de Minas e Energia, Eduardo Braga; da Fazenda, Joaquim Levy; da Agricultura, Kátia Abreu; do Desenvolvimento, Armando Monteiro; e da Casa Civil, Aloizio Mercadante.

 Com base em resolução do Conselho Interministerial do Açúcar e do Álcool (Cima), assinada pelos ministros, deverá ser publicada uma portaria na edição desta quinta-feira do Diário Oficial da União. “Essa é uma operação em que todos ganham: ganha o produtor, ganha o mercado, ganha o sistema de abastecimento de energia no Brasil e ganha com certeza o nosso arranjo produtivo”, disse Eduardo Braga. A ministra Kátia Abreu afirmou que o aumento de 2% significará 1 bilhão de litros de etanol a mais consumidos no mercado por ano.

 Agência Estado