IAC inaugura Biofábrica de cana-de-açúcar

Cana-unica (1)Foi inaugurada em Ribeirão Preto, São Paulo, a Biofábrica de cana-de-açúcar do Instituto Agronômico – IAC. A unidade vai tornar possível aumentar em 40 vezes a capacidade de produção do Instituto, que poderá chegar a 4 milhões de mudas de cana por ano, que serão utilizadas em viveiros do setor privado para nova multiplicação e depois, disponibilizadas para os produtores. Foram investidos cerca de R$ 2,5 milhões. Na Biofábrica, a partir de uma gema de planta, é possível produzir de 20 a 30 mil novas plantas em seis meses. Por outros métodos de multiplicação, em campo, uma gema renderia ao produtor cerca de 40 plantas, em 12 meses. No local, foi inaugurado também o Núcleo de Produção de Mudas Pré-brotadas (MPB), com capacidade para produzir, em média, 300 mil MPB por ano, e 350 mil seddlings – primeira etapa de produção de plântulas no processo de desenvolvimento de uma nova variedade de cana-de-açúcar. A nova tecnologia é direcionada a aumentar a eficiência e os ganhos econômicos na implantação de viveiros, replantio de áreas comerciais e possivelmente renovação e expansão de áreas de cana-de-açúcar. O empreendimento foi financiado pelo Governo do Estado de São Paulo, pela Agência Brasileira da Inovação (FINEP) e por recursos externos.      

Deixe um comentário