Warning: session_start(): open(/var/lib/php71/session/sess_2a3d44bd1d2bafa69f83f5038b0659fc, O_RDWR) failed: Permission denied (13) in /home/storage/d/73/6a/sifaeg1/public_html/wp-content/themes/yoo_revista_wp/warp/systems/wordpress/helpers/config.php on line 48

Warning: session_start(): Failed to read session data: files (path: /var/lib/php71/session) in /home/storage/d/73/6a/sifaeg1/public_html/wp-content/themes/yoo_revista_wp/warp/systems/wordpress/helpers/config.php on line 48
Jalles Machado, Prefeitura e Senai possibilitam profissionalização da mão de obra local | Sifaeg

Jalles Machado, Prefeitura e Senai possibilitam profissionalização da mão de obra local

Written by Depto. Tecnologia on . Posted in Informe SIFAEG, xTimeLine

fala joão pedroUma parceria entre a empresa Jalles Machado, a Prefeitura Municipal de Goianésia e a Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) possibilitou a implantação de um Núcleo Integrado SESI SENAI no município, em outubro de 2013, que já qualificou inúmeras pessoas. Para comemorar os resultados alcançados e a oferta de mais cursos com a vinda de duas unidades móveis do SENAI para Goianésia, foi realizada uma visita técnica às instalações itinerantes, que estão no Paço Municipal, e às turmas do Núcleo Integrado.

A visita teve a participação dos representantes da Jalles Machado: diretor-presidente, Otávio Lage de Siqueira Filho; diretor comercial, Henrique Penna; gerente de Recursos Humanos, Mônica Arruda; gerente de Manutenção Agrícola, Edmundo Padulla, e do instrutor de treinamento, Bento Paulino.

Otávio Lage Filho ressalta a importância da parceria. “Todos têm a ganhar com essa soma de esforços: a empresa que passa a ter uma mão de obra qualificada; as pessoas que têm a oportunidade de crescer, alcançar o primeiro emprego, melhorar a sua qualificação profissional e consequentemente a sua renda e o Município que também se desenvolve”, afirma.

 Também estiveram presentes na visita o vice-prefeito, Robson Tavares; o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Social, João Pedro Braollos; a diretora de Educação do SESI SENAI Goiás, Ivone Moreira;   o gerente de Educação Profissional do Senai Goiás, Jorge Quirino, e o diretor da Unidade Integrada SESI SENAI Barro Alto/Goianésia, Washington Chaves. O secretário João Pedro Braollos explica como a parceria foi viabilizada. “Ter uma Unidade do SESI SENAI em Goianésia era um sonho antigo. A articulação teve início com o ex-diretor comercial da Jalles Machado, Segundo Braoios, junto ao presidente da Fieg, Pedro Alves. Com o apoio do prefeito Jalles Fontoura e da usina, a parceria se concretizou e hoje apresenta grandes resultados”, afirma.

A diretora de Educação do SESI SENAI Goiás, Ivone Moreira, também ressalta a relevância da qualificação profissional. “Quando o poder público e a iniciativa privada dão as mãos quem ganha é a comunidade. O SENAI está aqui para atender às demandas da indústria e contribuir com o crescimento do setor produtivo e isso passa pelas pessoas. Por meio da qualificação, elas conseguem uma colocação profissional que lhes proporciona mais qualidade de vida. É gratificante ver que parcerias como essa dão certo e servem de exemplo para outros municípios”, salienta.

 Resultados

Desde a sua implantação, o Núcleo Integrado SESI SENAI Goianésia já realizou 1.847 matrículas em cursos para a área agrícola, industrial e de confecção, além de treinamentos de capacitação e aperfeiçoamento realizados nas empresas do Município. Atualmente, em parceria com o Pronatec, oferece 15 cursos, com 26 turmas, num total de 510 alunos, sendo 375 no Núcleo e 135 nas Unidades Móveis.

O instrutor de treinamento da Jalles Machado, Bento Paulino, ressalta a importância dos cursos para a empresa. “Esse trabalho proporciona a qualificação da mão de obra para todos os setores da usina. Muitas turmas são formadas para atender a demanda do Grupo Jalles Machado. Desde o início do Núcleo, aproximadamente 500 colaboradores já fizeram cursos do SENAI e isso traz resultados muito positivos para a empresa e para o próprio colaborador, que adquire mais conhecimento”, afirma.

Cerca de 60 % das vagas são abertas à comunidade e 40% são destinadas a colaboradores do Grupo Jalles Machado. “As empresas buscam por profissionais qualificados. Então, quem tem a oportunidade de fazer um curso profissionalizante tem mais chances de ser contratado e de crescer”, ressalta a gerente de Recursos Humanos da Jalles Machado, Mônica Arruda.

Uma turma do curso de Mecânico de Sistema de Freios e Suspensão de Veículos Pesados é formada exclusivamente por jovens aprendizes da usina. “Esse tipo de mão de obra é uma demanda da Jalles Machado. Os jovens têm a chance de se profissionalizar e ser efetivado futuramente na empresa, que passará a contar com profissionais qualificados”, ressalta o gerente de Manutenção Agrícola da Jalles Machado, Edmundo Padulla.

 Imprensa Jalles Machado  

Depto. Tecnologia

teste