Plenário se reúne em comissão geral para debater crise no setor sucroalcooleiro

O Plenário se reúne hoje em comissão geral, às 10 horas, para debater a crise do setor sucroalcooleiro. “Endividamento, perda da competitividade diante da gasolina e até problemas climáticos afetaram os usineiros. Desde 2007, 58 usinas fecharam as portas só na região Centro-Sul do país. E só neste ano, 12 encerraram as atividades. Com isso, nos últimos dois anos, o setor de açúcar e etanol já perdeu 60 mil empregos”, afirma o deputado que solicitou a realização do debate, JHC (SD-AL). “Estamos em março de 2015, e a situação só fez piorar”.

De acordo com o especialista Ângelo Bressan Filho, “conhecer os motivos que estão provocando as atuais dificuldades, observar em que medida elas derivam de fatores estruturais e descortinar as formas de superá-las é um desafio para todos os analistas”.

 Participarão do debate:

         O secretário de Agricultura de São Paulo, Arnaldo Jardim

         O presidente da Federação dos Plantadores de Cana (Feplana), Paulo Sérgio de Marco Leal

         O presidente da Associação dos Plantadores de Cana do Oeste do Estado de São Paulo e da região Centro-Sul do Brasil, Manoel Ortolan

         O diretor-presidente da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida), Alexandre Andrade Lima

         O presidente do Centro Brasileiro de Infra Estrutura (CBIE), Adriano Pires

         O representante da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e especialista em Agroenergia Marcos Fava Neves

         O presidente da Comissão Nacional de Cana-de-Açúcar Enio Jaime Fernandes Júnior

         A diretora-presidente da União da Indústria de Cana de Açúcar (Unica), Elizabeth Farina

         O presidente do Fórum Nacional Sucroenergético, André Rocha

         O presidente do Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Pernambuco, vice-presidente do Fórum Nacional Sucroenergético e vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco, Renato Augusto Pontes Cunha

         O presidente do Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool do Estado de Alagoas (Sindaçúcar-AL), Pedro Robério de Melo Nogueira

         O presidente do Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis, Antonio Eduardo Tonielo Filho,

         O presidente da Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais, Mário Campos

         O prefeito de Pirajuba – MG, Rui Ramos

  Os cidadãos também podem participar enviando perguntas e comentários sobre o debate pelo Disque-Câmara (0800 619 619) ou por meio de sala de bate-papo do portal e-Democracia.

 Agência Câmara Notícias