Raízen inaugura Simulador de Caminhão Canavieiro

A Raízen inaugura seu primeiro simulador de caminhão de cana-de-açúcar. Com o objetivo de capacitar os motoristas em sala, de maneira mais realista possível, o aparelho permite que o condutor não tenha dúvidas dos procedimentos que deve adotar em cada situação, seja ela rotineira ou excepcional. Com investimento de R$ 320 mil, o projeto faz parte do programa de capacitação de motoristas “Rota da Excelência”, desenvolvido pela companhia a fim de aperfeiçoar a formação profissional e a qualidade dos funcionários. Para a realização do projeto, a empresa contou com a parceria da Instituição FABET – Fundação Adolpho Bósio de Educação no Transporte criada pelo SETCOM, que atua na capacitação de motoristas.

Além de possibilitar um treinamento personalizado, o simulador de caminhão canavieiro garante a segurança de praticar em off-road trajetos do dia a dia do profissional nos mais variados cenários, com climas e terrenos diferentes, e também contribui para a economia de combustível, pneus e vida útil dos caminhões da companhia, reduzindo os custos. Até o momento, foram realizados mais de 100 treinamentos com motoristas próprios da empresa, que aperfeiçoaram o desempenho do transporte canavieiro. O aparelho será utilizado para as capacitações técnicas de entressafra de forma preventiva, assim como no processo seletivo para novas admissões.

O projeto abre ainda a possibilidade de promoção para a função de instrutor aos motoristas canavieiros. Estes profissionais auxiliam nos treinamentos em sala de aula, no monitoramento diário e fazem a operação assistida de todos os participantes em sua rotina de trabalho. “A operação assistida e o monitoramento permitem ter um diagnostico quanto à “dirigibilidade” de cada um, e a partir daí são traçados treinamentos individualizados para o motorista em questão, focando em manobras repetitivas e na correção de eventuais falhas. Este é um processo contínuo de aprendizado, onde a segurança de nossos profissionais é a diretriz primordial”, afirma Luis Carlos Veguin, Diretor de Recursos Humanos da Raízen.

Sobre a Raízen

A Raízen se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das cinco maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 24 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2 bilhões de litros de etanol por ano, 4 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 59 aeroportos, possui 63 terminais de distribuição e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por 5.428 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 951 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 12 anos, possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou aproximadamente 5.600 alunos e mais de 800 mil pessoas com ações realizadas desde 2012.

Raízen