RenovaBio

O SIFAEG, sindicato que representa os produtores de etanol em Goiás, avalia que a aprovação e a implantação do RenovaBio se constituirão em incentivos relevantes para os biocombustíveis, permitindo o avanço das energias renováveis no Brasil.

O Projeto do RenovaBio, que está sendo apreciado hoje, no plenário da Câmara dos Deputados, representa um compromisso com o desenvolvimento de iniciativas de sustentabilidade e preservação ambiental, fundamentais para o cumprimento até 2030, das metas firmadas no Acordo de Paris. Metas que foram inclusive ratificadas pelo governo brasileiro.

O SIFAEG apoia e entende a iniciativa como um impulso relevante ao desenvolvimento da produção de biocombustíveis no Brasil, e defende que metas para elevação do uso de combustíveis que não sejam fósseis sejam determinadas a partir dos compromissos de descarbonização assumidos pelo país.

Importante ressaltar que, o RenovaBio  estimula a eficiência da produção, com ganhos de produtividade e ainda valoriza os biocombustíveis nacionais, dando previsibilidade à segurança energética e assegurando investimentos em inovação tecnológica. Além disso, a nova realidade que virá com o Programa em vigência, irá permitir a interiorização do desenvolvimento e a tão urgente retomada de investimentos no setor, com geração de emprego e renda.

Neste cenário, o RenovaBio ainda trará benefícios para o meio ambiente e para a saúde pública, pois ajudará a diminuir a emissão de gás carbônico. O Projeto não é uma renúncia fiscal e nem tão pouco uma política de subsídios e não prevê a criação de novos impostos.

RenovaBio – Compromisso com melhores tempos para o Brasil, com mais energia limpa e renovável!

SIFAEG – Sindicato da Indústria de Fabricação de Etanol do Estado de Goiás