Sifaeg participa de entrega do Prêmio TOP ETANOL

 projeto agO presidente-executivo do Sifaeg/Sifaçúcar e presidente do Fórum Nacional Sucroenergético, André Rocha participou dia 02 de junho da entrega do 5º Prêmio TOP Etanol,em São Paulo. O evento foi mais uma iniciativa do Projeto AGORA, ação de comunicação da cadeia sucroenergética e que tem o apoio do Sifaeg.

André Rocha discursou durante a solenidade onde ressaltou as importantes ações do Projeto AGORA e as conquistas que o setor obteve através dele, melhorando a comunicação com a sociedade. “Há seis anos, quando o Projeto AGORA nasceu, a comunicação era o grande desafio, mas como no filme tropa de elite 2, o inimigo agora é outro. Mais de 60 usinas fecharam e 40 estão em recuperação judicial, mais de 60 mil pessoas foram desempregadas e a indústria de base perdeu mais de 50% do faturamento. O setor precisa de ações. Queremos que os benefícios e externalidades do setor sejam reconhecidos”, disse o executivo.

André Rocha disse ainda que a situação do setor é lamentável. “Depois de um ciclo virtuoso, de crescimento, entre 2003 e 2008, vivemos uma crise grave, onde o endividamento está quase igual ao faturamento. Essa situação está pondo fim a mais “verde e amarela” das tecnologias.” O executivo cobrou em seu discurso medidas práticas por parte do governo federal como: definição do papel do etanol na matriz energética brasileira, volta da CIDE ou algum imposto, taxa ou contribuição que reconheça as externalidades positivas do combustível limpo e renovável, fazendo distinção do combustível fóssil. Frisou também que é preciso que ocorra uma melhoria da eficiência dos motores flex.

Ao se dirigir aos pré-candidatos à presidência da República, presentes no evento, André pediu que eles sejam claros e que falem o que o Brasil espera do etanol e quais as ações que eles tomarão para tornar isso realidade caso sejam eleitos. Encerrando André disse: “Precisamos e esperamos uma solução.A hora é essa, o instante é já. O momento é AGORA.”

Os pré-candidatos à presidência da República, Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) falaram sobre o setor. Aécio Neves fez um discurso marcado por criticas à política econômica que o atual governo federal tem para a produção de etanol. “ O atual governo está na contramão do mundo que incentiva as energias renováveis. O setor foi abandonado por esse governo, prejudicando um dos segmentos mais revolucionários que o país já teve.”

O pré-candidato Eduardo Campos, disse em seu pronunciamento que a política atual tem destruído o etanol e tem trazido uma grande perda de valor no mercado para a Petrobras. “Algo que precisa imediatamente ser resolvido é a diferença como se tributa o combustível fóssil e como se tributa o biocombustível. Quero assumir o compromisso de ser o presidente que vai voltar a tratar de maneira diferente o combustível fóssil do combustível de fonte renovável”, disse Campos, bastante aplaudido pelos empresários.

Os homenageados da noite foram os pesquisadores Rogerio Cezar Cerqueira Leite (professor emérito da Unicamp) e Antônio Maria Cardoso Rocha, o presidente da consultoria DATAGRO, Plínio Nastari, o deputado federal e presidente da Frente Parlamentar do Etanol, Arnaldo Jardim e para o principal fundador do Pró-álcool brasileiro Lamartine Navarro Junior (In memorian).

O governador de Goiás, Marconi Perillo também foi homenageado pelas ações desenvolvidas nos governos dele no sentido de fomentar o crescimento da produção sucroenergética em Goiás.

MODALIDADE JORNALISMO

01 – CATEGORIA JORNALISMO IMPRESSO ESPECIALIZADO Certificado e R$ 10.000,00 Fernando Dantas, com o trabalho “COMBUSTÍVEL PARA O FUTURO”, publicado no CANAL – JORNAL DA BIOENERGIA, de Goiânia (GO)

02 – CATEGORIA JORNALISMO IMPRESSO GERAL Certificado e R$ 10.000,00 Aline Bonilha, com o trabalho “UMA HIDRELÉTRICA ADORMECE NOS CANAVIAIS”, publicado no jornal A CIDADE – Ribeirão Preto (SP)

03 – CATEGORIA VEÍCULOS ELETRÔNICOS Certificado e R$ 10.000,00 Clivonei Roberto e Luciana Paiva, com o trabalho “MUDOU PARA MELHOR”, veiculado no portal CANAONLINE

04 – CATEGORIA RADIOJORNALISMO Certificado e R$ 10.000,00 Aline Louise Moreira, com o trabalho “ETANOL, POR QUE NÃO ELE?”, veiculado na RÁDIO INCONFIDÊNCIA – Belo Horizonte (MG)

05 – CATEGORIA TELEJORNALISMO Certificado e R$ 10.000,00 André Trigueiro e Silvana Requena, com o trabalho “COLUNA SUSTENTÁVEL – ETANOL DE 2ª GERAÇÃO”, veiculado no programa JORNAL DA GLOBO, da REDE GLOBO DE TELEVISÃO

MODALIDADE DE TRABALHOS ACADÊMICOS

01 – CATEGORIA GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

PRIMEIRO COLOCADO Certificado e R$ 10.000,00 Ciro Mendes Sitta, da ESALQ/USP, com a participação do orientador Marcos Milan, com o trabalho “DIMENSIONAMENTO, ANÁLISE DE VIABILIDADE E QUALIDADE DO SISTEMA DE PREPARO DE SOLO PROFUNDO CANTEIRIZADO NA CULTURA DA CANA-DE-AÇÚCAR”

SEGUNDO COLOCADO Certificado e R$ 5.000,00 Nilceu Piffer Cardozo, Ricardo Bordonal e Bernardo Y. Ide, da ESALQ/USP, com a participação do orientador Newton La Scala, com o trabalho “SUSTENTABILIDADE TÉCNICA E AMBIENTAL DA IRRIGAÇÃO DE CANA-DE-AÇÚCAR EM DIFERENTES REGIÕES BRASILEIRAS”

TERCEIRO COLOCADO Certificado e R$ 2.000,00 Manuel Moreno Ruiz Poveda, da ESALQ/USP, com a participação da orientadora Beatriz Acquaro Lora, com o trabalho “SUSTENTABILIDADE DA BIODIGESTÃO VERSUS COMBUSTÃO PARA O TRATAMENTO DA VINHAÇA”

02- CATEGORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

PRIMEIRO COLOCADO Certificado e R$ 10.000,00 André da Cunha Bastos, da ESALQ/USP, com a participação da orientadora Márcia Azanha Ferraz Dias de Moraes, com o trabalho “FORNECIMENTO DE CANA-DE-AÇÚCAR E INTEGRAÇÃO VERTICAL NO SETOR SUCROENERGÉTICO DO BRASIL”

SEGUNDO COLOCADO Certificado e R$ 5.000,00 Rosana Goldbeck, da UNICAMP, com a participação do orientador Francisco Maugeri Filho e Co-Orientador Gonçalo Amarante Guimarães Pereira, com o trabalho “DETERMINAÇÃO DAS PROPRIEDADES LIGNOCELULOLÍTICAS E ESTUDO GENÉTICO DE MICRO-ORGANISMOS SILVESTRES ISOLADOS DE DIVERSAS REGIÕES BRASILEIRAS VISANDO A PRODUÇÃO DE BIOETANOL”

TERCEIRO COLOCADO Certificado e R$ 2.000,00 Camila Ortolan Fernandes de Oliveira, da UNICAMP, com a participação do orientador Arnaldo César da Silva Walter, com o trabalho “BIODIVERSIDADE E OS ESQUEMAS DE CERTIFICAÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS”

03- CATEGORIA TRABALHOS ACADÊMICOS PUBLICADOS

PRIMEIRO COLOCADO Certificado e R$ 10.000,00 Marcio Pupin Mello, Carlos Antonio Oliveira Vieira, Bernardo Friedrich Theodor Rudorff, Paul Aplin, Rafael Duarte Coelho dos Santos e Daniel Alves Aguiar, com o trabalho “STARS: A NEW METHOD FOR MULTITEMPORAL REMOTE SENSING”, publicado no IEEE – Transactions on Geoscience and Remote Sensing SEGUNDO COLOCADO Certificado e R$ 5.000,00 Adriana Marcela Silva Olaya, Carlos Eduardo Pellegrino Cerri, Newton La Scala Junior, Carlos Tadeu dos Santos Dias e Carlos Clemente Cerri, com o trabalho “CARBON DIOXIDE EMISSIONS UNDER DIFFERENT SOIL TILLAGE SYSTEMS IN MECHANICALLY HARVESTED SUGARCANE”, publicado no Environmental Research Letters

TERCEIRO COLOCADO Certificado e R$ 2.000,00 Renato Vicentini dos Santos, Claudio Benicio Cardoso-Silva, Estela Araujo Costa, Melina Cristina Mancini, Thiago Willian Almeida Balsalobre, Lucas Eduardo Costa Canesin, Luciana Rossini Pinto, Monalisa Sampaio Carneiro, Antonio Augusto Franco Garcia e Anete Pereira de Souza, com o trabalho “DE NOVO ASSEMBLY AND TRANSCRIPTOME ANALYSIS OF CONTRASTING SUGARCANE VARIETIES”, publicado na PLOS ONE

MODALIDADE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

Certificado e R$ 10.000,00 Estevão Mellis, José Antonio Quaggio, Luiz Antonio Teixeira e Renan Vieira, do INSTITUTO AGRONÔMICO DE CAMPINAS, com o trabalho “APLICAÇÃO DE MICRONUTRIENTES NA OPERAÇÃO DE PLANTIO DA CANA-DE-AÇÚCAR”

A Comissão de Julgamento da modalidade de Inovação Tecnológica decidiu atribuir Menção Honrosa à ASSOCIAÇÃO FORNECEDORA DE CANA DE PIRACICABA – AFOCAPI, pelo trabalho “INOVAR PARA GANHAR” e à ODEBRECHT – AGROINDUSTRIAL pelo trabalho “PROGRAMA DE TELEMETRIA NO TRANSPORTE DE CANA-DE-AÇÚCAR – TECNOLOGIA A FAVOR DA SEGURANÇA”. A comissão decidiu, ainda, atribuir a Distinção Especial – Visão de Futuro à EQUIPE ECOFET – do CEFET de Belo Horizonte, pelo trabalho “PROTÓTIPO DE ALTA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA MOVIDO A ETANOL”

MODALIDADE FOTOGRAFIA

PRIMEIRO COLOCADO Certificado e R$ 10.000,00 Ismar Almeida, com a foto “ETANOL ALIADO DA NATUREZA”

SEGUNDO COLOCADO Certificado e R$ 5.000,00 Alfredo Ribeiro, com a foto “PARTIDA PARA A SAFRA” TERCEIRO COLOCADO Certificado e R$ 2.000,00 Edmar Melo, com a foto “A ILHA”

Receberam Menção Honrosa e a quantia de R$ 500,00 os seguintes participantes:

– Adriano Rizzo, com a foto “ESPELHO DO FUTURO” – Alexandre Ferreira dos Santos, com a foto “GAVIÃO CARCARÁ EM PLANTIO DE CANA-DE-AÇÚCAR” – Alexandre Gondim, com a foto “ÁLCOOL DO BAGAÇO DA CANA” – Daniel Borges, com a foto “USINA FERRARI” – Eduardo Henrique Kaminski, com a foto “AS CORES DO BRASIL” – Francisco Camargo, com a foto “FÉ E ENERGIA” – Inor Assmann, com a foto “VIAS DO CANAVIAL” – Ismar Almeida, com a foto “ETANOL ENERGIA DO FUTURO AGORA” – Jorge de Castro Kiehl, com a foto “COLHENDO ENERGIA” – Mário Roberto Vendramini, com as fotos “PRODUZINDO ENERGIA COM RESPEITO” e “RECOMPOSIÇÃO DE MATAS CILIARES”. – Milena Aurea, com as fotos “ARCO-ÍRIS” e “SEMEANDO ENERGIA” – Mônica Carvalho, com a foto “FLEX” – Sergio Ranalli, com a foto “A FORÇA DO ETANOL” – Shirlei Tatsukawa, com a foto “A SOBREVIVENTE” – Thais Bertocco, a foto “O LIMITE PARA A EVOLUÇÃO DO SETOR SUCROENERGÉTICO É O CÉU”

COMISSÕES DE JULGAMENTO Integraram a comissão responsável pela análise e julgamento dos trabalhos jornalísticos e fotográficos os jornalistas Guilherme Pena, Junia Sá, Ricardo Setti, Sinval de Itacarambi Leão e Woile Guimarães.

A comissão responsável pela escolha dos trabalhos acadêmicos foi integrada pelos professores Isaias Macedo de Carvalho, pesquisador do NIPE/UNICAMP; Heitor Cantarella, Coordenador do BIOEN/FAPESP e Pesquisador do IAC/UNICAMP, e Manoel Regis Leal, Coordenador de Relações Institucionais do CTBE.

A comissão de Inovação Tecnológica foi integrada por Alfred Szwarc, consultor de emissões e tecnologia da UNICA; Francisco Nigro, pesquisador do Instituto de Pesquisas Tecnológicas – IPT do Estado de São Paulo, e Luis Augusto Cortez, professor da UNICAMP.

SOBRE O PROJETO AGORA O Projeto AGORA é a maior iniciativa de comunicação institucional integrada já implantada no Brasil, unindo empresas e entidades que fazem parte da cadeia produtiva da cana-de-açúcar.

O Projeto conta com apoio das empresas Basf, Bayer, Dedini, FMC, Monsanto e Syngenta, além das entidades ALCOPAR (Associação dos Produtores de Bioenergia no Estado do Paraná); BIOSUL (Associação dos Produtores de Bioenergia do Mato Grosso do Sul); SIAMIG (Sindicato da Indústria de Fabricação do Etanol no Estado de Minas Gerais); SIFAEG (Sindicato da Indústria dos Fabricantes de Etanol do Estado de Goiás); SINDALCOOL/MT (Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras de Mato Grosso); SINDALCOOL/PB (Sindicato da Indústria de Fabricação de Álcool do Estado da Paraíba); SINDAÇÚCAR/PE (Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Pernambuco); SINDAÇÚCAR/AL (Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Alagoas); SINDICANÁCOOL (Sindicato de Produtores de Cana, Açúcar e Álcool do Maranhão e do Para); ORPLANA (Organização dos Plantadores de Cana da Região Centro-Sul) e a UNICA (União da Indústria de Cana-de-Açúcar).

 projeto ag 1

Deixe um comentário